GRADUAÇÃO / ENFERMAGEM

O Curso de Enfermagem visa formas um profissional dotado de formação generalista, humanista, crítica e reflexiva; qualificado para o exercício de Enfermagem, com base no rigor científico e intelectual e pautado em princípios éticos; capaz de conhecer e intervir sobre os problemas/situações de saúde-doença mais prevalentes no perfil epidemiológico nacional, com ênfase na sua região de atuação, identificando as dimensões bio-psico-sociais dos seus determinantes; e capacitado a atuar, com senso de responsabilidade social e compromisso com a cidadania, como promotor da saúde integral do ser humano.

COMPETÊNCIAS E HABILIDADES ESPECÍFICAS DA ENFERMAGEM

A formação do enfermeiro tem por objetivo dotar o profissional dos conhecimentos requeridos para o exercício das seguintes competências e habilidades específicas:
1. Atuar profissionalmente, compreendendo a natureza humana em suas dimensões, em suas expressões e fases evolutivas.
2. Incorporar a ciência/arte do cuidar como instrumento de interpretação profissional.
3. Estabelecer novas relações com o contexto social, reconhecendo a estrutura e as formas de organização social, suas transformações e expressões.
4. Desenvolver formação técnico-científica que confira qualidade ao exercício profissional.
5. Compreender a política de saúde no contexto das políticas sociais, reconhecendo os perfis epidemiológicos das populações.
6. Reconhecer a saúde como direito e condições dignas de vida e atuar de forma a garantir a integralidade da assistência, entendida como conjunto articulado e contínuo das ações e serviços preventivos e curativos, individuais e coletivos, exigidos para cada caso em todos os níveis de complexidade do sistema.
7. Atuar nos programas de assistência integral à saúde da criança, do adolescente, da mulher, do adulto e do idoso.
8. Ser capaz de diagnosticar e solucionar problemas de saúde, de comunicar-se, de tomar decisões, de intervir no processo de trabalho, de trabalhar em equipe e de enfrentar situações em constante mudança.
9. Reconhecer as relações de trabalho e sua influência na saúde.
10. Atuar como sujeito no processo de formação de recursos humanos.
11. Responder às especificidades regionais de saúde através de intervenções planejadas estrategicamente, em níveis de promoção, prevenção e reabilitação à saúde, dando atenção integral à saúde dos indivíduos, das famílias e das comunidades.
12. Reconhecer-se como coordenador do trabalho da equipe de enfermagem.
13. Assumir o compromisso ético, humanístico e social com o trabalho multiprofissional em saúde.
14. Usar adequadamente novas tecnologias, tanto de informação e comunicação, quanto de ponta para o cuidar de enfermagem.
15. Atuar nos diferentes cenários da prática profissional, considerando os pressupostos dos modelos clínico e epidemiológico.
16. Identificar as necessidades individuais e coletivas de saúde da população, seus condicionantes e determinantes.

Coordenador do Curso Enfermagem

Profº. Robsom Inácio dos Santos
Email: enfermagemaumcba@gmail.com